Cadeia Alimentar- Carnívoros, Herbívoros e Decompositores


cadeia-alimentar-carnivoros-herbivoros-e-decompositores

Para viver e crescer consome-se necessariamente energia. E para conseguir energia é preciso comer. De fato, todos os animais comem; mas as plantas vivem e crescem, embora não comam. Assim todos da natureza fazendo parte do ciclo da cadeia alimentar.

Cadeia Alimentar

Ocorre que, de modo diverso dos animais, elas conseguem obter energia diretamente dos raios solares, por meio da fotossíntese, função clorofiliana.



Utilizando essa energia, gás carbônico e substâncias inorgânicas contidas no solo (e absorvidas pelas raízes), as plantas produzem matéria viva. São por isso conhecidas como produtores.

Herbívoros

Os animais são incapazes de captar energia diretamente do Sol. Podem, no entanto, alimentar-se dos seres que apreenderam dessa forma a energia que utilizam – ou seja, as plantas.

Quem obtém por esse meio a energia indispensável à vida é chamado de herbívoro ou, ainda, de consumidor de primeira ordem.



Carnívoros

O animal que consegue energia comendo outro animal é denominado carnívoro. Os ecologistas, porém, fazem ainda uma outra distinção: se a presa do carnívoro for um herbívoro, chamam ao predador de consumidor de segunda ordem; definem como consumidor de terceira ordem o carnívoro cuja presa é outro carnívoro.

Esta série de organismos plantas ou produtores, herbívoros ou consumidores de primeira ordem e carnívoros ou consumidores de segunda e terceira ordens -, que, conforme o caso, comem ou são comidos, constituem o que a ecologia chama de cadeia alimentar.

Decompositores

A cadeia alimentar que descrevemos é aberta: tem início nas plantas – que, pode-se dizer, constituem a base da pirâmide alimentar – e termina com os carnívoros “superpredadores”.

Todos esses organismos, porém, acabam morrendo, e seus restos não se perdem definitivamente, mas vão alimentar uma multidão de organismos, os decompositores.

Com estes, o ciclo se fecha, pois restituem ao solo as substâncias inorgânicas que estão contidas nos restos dos organismos mortos substâncias que, mais tarde, serão absorvidas pelas plantas.

Para poder funcionar, esse ciclo necessita de um suprimento de energia contínuo, proveniente do exterior. O que não constitui problema, pois ela é fornecida, em grande quantidade, por uma fonte praticamente inesgotável: o Sol.

Gostou do nosso artigo sobre Cadeia Alimentar? Compartilhe!

Imagem- animais.culturamix.com