Arte Abstrata (Abstracionismo): No Brasil, Artistas e Características


abstracionismo

Embora revolucionários, os movimentos da arte moderna européia ocorridos até então levavam sempre em conta a realidade que nos cerca (seres vivos e natureza-morta), o Abstracionismo (Arte Abstrata) estaria para mudar toda essa concepção.

Abstracionismo

Os artistas cubistas e futuristas, apesar de havê-los quase destruído e reconstruído à sua maneira, sempre trabalharam a partir de objetos reais, conservando as várias categorias: paisagem, figura, natureza-morta.



A arte figurativa ocidental, tendo por muitos séculos escolhido e mantido a referência a objetos visíveis, consolidou a ideia bastante difundida de que uma pintura ou uma escultura deve ser interpretação ou cópia de um modelo externo, de uni objeto existente.

Com o abstracionismo (Arte Abstrata) desaparece qualquer referência aos objetos concretos, somem as especializações artísticas (pintor de retratos, de marinhas, de flores etc.) e as formas, por meio de linhas, cores e volumes, libertam-se, em unia “escrita” mais universal.

Escrita cujos sinais ainda derivam de tinia experiência viva da realidade, mas são uma resposta sensível e completamente autônoma do artista. A forma artística que antes precisava conviver com a identificação do objeto, agora é de todo independente.



Kandinsky foi um dos primeiros a compreender que a criação nas artes figurativas pode, abandonando o objeto identificável, aspirar à liberdade expressiva da música.

Principais Artistas

Kandinsky e o Abstracionismo

As primeiras composições abstratas de Kandinsky são explosões de sinais e cores. Formas e cores perfazem, sobre a superfície da tela, um espaço “dramático” atravessado por forças em contraposição.

Mais do que um espaço sobre a Terra, parece um espaço cósmico. Também os fogos de artifício dão vida ao espaço (suas trajetórias executam retas e curvas parabólicas regulares).

As pinturas desse tipo. denominadas improvisos por Kandinsky (no jazz. o improviso é fundamental), possuem formas irregulares que parecem produzidas ao acaso.

Características e Obras

Em sequência. Kandinsky executou quadros mais organizados, nos quais predominam os elementos geométricos: estes são projetados com rigor, através de desenhos esmerados.

Esses quadros em especial os de grandes dimensões são chamados de composições (denominação claramente musical). Predominam as cores puras, mas não faltam o branco e o preto, ausência e negação da cor.

A orientação do quadro depende de uma escolha estética pessoal. Deveríamos olhar os quadros abstratos da mesma maneira que olhamos o voo livre das andorinhas. E eles poderiam ser colocados no teto além de nas paredes.

abstracionismo-kandinsky



Mondrian e o geometrismo

A sede de absoluto levou Mondrian à recusa das emoções sensoriais e à única e real emoção que existe (de acordo com ele): a racional, fruto do intelecto.

A partir daquele momento, a exatidão matemática tornou-se a regra de todos os seus quadros: linhas negras dividem áreas geometricamente delimitadas, cobertas de modo uniforme com vermelho, amarelo ou azul.

O branco do fundo (mas é errôneo chamá-lo de fundo) não é o mesmo branco da tela, e sim um cinza claríssimo, pintado com esmero.

O traçado das linhas negras, sempre diferente em número e localização, segue imutavelmente as direções vertical e horizontal. Mondrian chama seus quadros de “composições”; mostramos aqui uma das muitas queele pintou, nenhuma das quais repetitiva.

Essas pinturas essenciais não são, em absoluto, uma arte fácil, como sustentaram com superficialidade alguns críticos da época.

Arte Abstrata no Brasil

No Brasil o abstracionismo (Arte Abstrata) foi ganhando adeptos através de informações que chegavam do estrangeiro e depois com a abertura de museus e com a realização das primeiras bienais (1951 e 1953) e pela influência de artistas e críticos de arte, como Max Bill, Maldonado e Romero Brest.

Em 1950,0 pintor Samson Flexor criou o atelier Abstração,em São Paulo,destinado ao ensino e difusão das artes plásticas dentro da linha do abstracionismo.

Os artistas abstratos brasileiros filiaram-se a diferentes facções dessa escola. Entre os “expressionistas abstratos” é preciso citar Yolanda Mohaly, Tomás lanelli. Manabu Mabe.

Entre os neoconcretistas, destacam-se Ligia Clark, Aluísio Carvão e Ligia Pape. Antônio Bandeira, abstrato com recordações da realidade visível, foi grande destaque no exterior.

Arquitetura

Já mencionamos o interesse do abstracionismo (Arte Abstrata) holandês pela arquitetura. Além de Theo Van Doesburg, que exercia a profissão, outros arquitetos aderiram ao movimento neoplástico, destacando-se Gerrit Thomas Rietveld (1888-1964).

Tornou-se famosa a casa por ele projetada em 1924. da qual mostramos a maqueta. A perpendicularidade dos elementos é absoluta.

Além do branco e do preto, notam-se zonas cinza de diferentes tonalidades; poucos e sutis são os elementos vermelhos, azuis e amarelos. Nessa obra, em lugar da exaltação do volume, existe a da superfície; a identificação com os quadros de Mondrian é perfeita.

A arte abstrata holandesa, por mérito principalmente de Mondrian, teve uma influência determinante na arquitetura “racional” e ‘funcional” moderna (a arquitetura “racional”, desprovida de qualquer tipo de decoração, deve corresponder à utilidade ou finalidade da obra).

A influência de Mondrian estendeu-se também às artes gráficas e ao desenho industrial. O aspecto visual dos folhetos, revistas e livros de hoje seria muito diferente se Mondrian não tivesse existido.

Gostou do nosso artigo sobre Abstracionismo (Arte Abstrata)? Compartilhe!

Imagem- f8milgrau.blogspot.com.br       7dasartes.blogspot.com.br